Prefeitura Municipal de Jacareí Atendimento Área restrita

ETE Central inicia operação para elevar tratamento de esgoto

ETE Central localizada na região do Parque dos Sinos

O projeto Turi Limpo faz parte do Programa Viva Melhor, do governo municipal, que tem como objetivo trazer mais qualidade de vida para a população de Jacareí. A obra gigantesca tocada pelo SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) começou em 2009 e é a maior e mais importante obra de saneamento da história de Jacareí.
São ao todo 19 quilômetros de tubulações, além de quatro estações elevatórias de esgoto (EEE) – Aliança (Jardim Mesquita), Santos Dumont (Jardim Liberdade), Jardim Pitoresco e Final (Jardim São José) — e o sistema de drenagem para o corredor João Américo/Tiradentes. A ETE Central, na região do Parque dos Sinos, tem área total de mais de 38 mil m² e contempla um auditório para 50 pessoas com recursos multimídia. O espaço já está sendo utilizado para projetos de educação ambiental com estudantes, técnicos e a comunidade.
As estações elevatórias de esgoto abrigam conjuntos de equipamentos (moto-bombas e tubulações) que são responsáveis pelo transporte dos resíduos de um ponto para outro, até o destino final na ETE Central. Todo o sistema entrou em operação em agosto de 2013.
Tratamento dos resíduos – O esgoto doméstico recolhido pelas estações elevatórias Santos Dumont e Aliança (Jardim Mesquita) é enviado para a Estação Final. De lá, os resíduos são encaminhados para a ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) Central por pressão, produzida pelo sistema de bombeamento automático.
“É uma obra de saneamento gigantesca, com muito investimento, mas que tem a maioria de sua estrutura enterrada, com tubulações, bombas e sistemas de segurança isolados. A comunidade poderá ver os resultados em mais saúde e qualidade de vida, além dos ganhos com o meio ambiente”, disse a presidente do SAAE, Lucilene Gonçalves da Silva.
Todo o sistema foi construído prevendo futura ampliação na coleta e tratamento dos resíduos domésticos em Jacareí. As estações elevatórias contam com gerador de energia elétrica, que é acionado automaticamente em caso de queda ou falta de energia na rede.
O projeto Turi Limpo está elevando o índice de tratamento de esgoto da cidade de 20% para 70%, além de contribuir com a melhoria da qualidade do rio Paraíba, que abastece não só o estado de São Paulo, mas também os de Minas Gerais e Rio de Janeiro.
O córrego Turi é o principal afluente do rio Paraíba na área urbana de Jacareí e recebe 50% do esgoto doméstico da cidade (mais de 100 mil moradores) — ao eliminar o esgoto, o nível de oxigênio no Paraíba irá aumentar.
O projeto recebeu investimento total de R$ 112 milhões, incluindo recursos do Governo Federal.
(Zé Júnior – Assessoria de Imprensa do SAAE)