Prefeitura Municipal de Jacareí Atendimento Área restrita

Jacareí: mais R$ 113 milhões para tratar 100% do esgoto

15/9/2014

Recursos do Governo Federal irão garantir o projeto de Saneamento Integrado

em quatro bacias do Rio Paraíba do Sul

Jacareí está mais próxima das obras que irão elevar o tratamento de esgoto para praticamente 100% na área urbana. Foi assinado no dia 15 de setembro, na superintendência regional da Caixa Econômica Federal, em São Paulo, o termo de compromisso envolvendo o município, o Ministério das Cidades e a Caixa para o projeto “Saneamento Integrado nas Bacias de Esgotamento de Jacareí – Bacia do Rio Paraíba do Sul”, um investimento de mais de R$ 113 milhões.
Para chegar até este importante compromisso, o município, por meio do SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), precisou cumprir por quase um ano uma série de formalidades e aprovar todos os projetos de saneamento junto à Caixa. Os recursos virão do Orçamento Geral da União (OGU) e a assinatura das operações possibilitará o início do processo licitatório para a execução das obras.
100% de esgoto tratado – As obras de saneamento integrado consistem na duplicação da ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) Central, que já está em operação. “Vamos duplicar nossa estação para elevar o índice de tratamento de esgoto para praticamente 100% na área urbana, o que significa tratar o esgoto de todos os bairros da margem esquerda do rio Paraíba. Hoje é um dia muito feliz para a população de Jacareí, que irá ganhar mais qualidade de vida com estas obras”, disse o prefeito Hamilton.
“O tratamento de esgoto vai atingir a partir da região do São João até o Igarapés, abrangendo Parque Imperial, Jardim Pedramar, Conjunto 1º de Maio, Jardim Siesta, Jardim Paulistano, Jardim Panorama e Jardim Novo Amanhecer”, explicou a presidente do SAAE, Lucilene Gonçalves da Silva.
O projeto conta também com a construção de um novo reservatório de cinco milhões de litros de água e ampliação de redes e adutoras.
“O investimento em obra de saneamento para Jacareí, e que passa pelo ministério, tem o apoio da Presidência da República. O objetivo é melhorar a vida das pessoas”, declarou o ministro das Cidades, Gilberto Magalhães Occhi.
Além do prefeito Hamilton e do ministro Occhi, a cerimônia de assinatura contou com a participação do ministro da Casa Civil da Presidência, Aloizio Mercadante, do superintendente da Regional Paulista da Caixa, Paulo Galli, e dos prefeitos de São Paulo, Fernando Haddad, e de Carapicuíba, Sérgio Ribeiro, municípios que também receberão recursos do ministério para diversas obras de saneamento, infraestrutura e mobilidade urbana. Os repasses para as três cidades somam R$ 2,7 bilhões.

Saneamento avançou a partir de 2009, com o Turi Limpo

Em 2009 Jacareí deu início ao programa de despoluição do Córrego do Turi, estimado em R$ 112 milhões. Com a conclusão este ano do Projeto Turi Limpo – Viva Melhor, o município, que tem coleta de 96%, está saltando de 20% para 50% no índice de tratamento. Até o final do ano, com a conclusão da obra Saneamento Integrado do Vale do Córrego do Turi (somando mais R$ 45 milhões), na região da rodovia Nilo Máximo, esse índice chegará a 70%.
Em sua primeira fase, o programa de despoluição do Turi – que recebe 50% do esgoto doméstico da cidade (mais de 100 mil moradores) – resultou na construção da ETE Central (projetada para tratar o efluente de uma população de 240 mil moradores), na instalação de 19 quilômetros de coletores-tronco (tubulação que capta o esgoto das redes domésticas), quatro estações elevatórias (instalação para bombear o esgoto) e seis quilômetros de linhas de recalque (responsável pelo envio do efluente até a estação).
A ETE Central também iniciou seu programa de visitas à comunidade, com agendamento prévio realizado pelo SAAE.

(Zé Júnior – Assessoria de Imprensa do SAAE)