Prefeitura Municipal de Jacareí Atendimento Área restrita

SAAE recebe recursos para melhorias na captação de água

20/3/2015

ECA (Estação de Captação de Água) do SAAE receberá novas melhorias

O SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) de Jacareí receberá recursos para obras de melhorias e adequação nos sistemas de produção de água. Os recursos, de R$ 872 mil, virão da Agevap (Agência da Bacia do Rio Paraíba do Sul), braço executivo do comitê de bacias e que recebe e aplica recursos arrecadados com a cobrança pelo uso da água.

Técnicos da Agevap estiveram nesta sexta-feira (20) em Jacareí e o convênio entrará em vigor a partir da próxima quarta-feira (25). Com os recursos, o SAAE abrirá licitação para a contratação de empresa que fará uma obra de rebaixamento do canal de captação, no rio Paraíba do Sul. Também serão adquiridas oito bombas para operação em boias flutuantes caso a baixa vazão do rio no período de estiagem prejudique a captação de água.

As melhorias também atingirão os três sistemas de captação de água do bairro Recanto dos Pássaros, na região da represa do Jaguari (a cerca de 20 quilômetros do centro). O baixo nível do reservatório tem prejudicado a captação de água dos sistemas flutuantes.

Memória – O abastecimento de água em Jacareí somente não foi prejudicado na cidade neste verão, entre outubro de 2014 e fevereiro deste ano, devido à intervenção da Prefeitura de Jacareí e do SAAE, no início de 2013, quando o prefeito Hamilton decretou situação de emergência para a realização de obras de enrocamento e rebaixamento da calha (no rio Paraíba do Sul) de captação.

Em novembro do ano passado, Jacareí recebeu a visita de representantes dos órgãos Ministério da Integração Nacional, ANA (Agência Nacional de Águas), DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica) e Agevap. A visita técnica percorreu a ECA (Estação de Captação de Água) do SAAE, no Jardim Liberdade, e o bairro Recanto dos Pássaros, na região da represa do Jaguari. A visita serviu para avaliação da situação dos municípios que dependem de captação de água do rio Paraíba, além da situação das represas que apresentaram constantes quedas de nível no volume útil.

(Zé Júnior – Assessoria de Imprensa do SAAE)